Dilma inicia hoje nova viagem pelo exterior com quatro assessores e por nossa conta

In Notícias
Dilma-viajou-para-o-exterior, política, gasto

O Brasil ao longo dos últimos anos tem demonstrado ser um país bastante difícil de se entender, principalmente, no setor político que é uma área que oferece muitas regalias para os que assumem esses cargos públicos. Para se ter ideia, a ex-presidente Dilma viajou para o exterior e, o mais incrível disso, está no fato de que quem pagou a conta foi o povo brasileiro.

Deve-se ainda destacar que a então cassada presidente Dilma viajou para o exterior com a companhia de mais quatro assessores. Infelizmente, o Brasil apresenta um gasto muito elevado com setor político que na grande maioria das vezes não possui nem sequer fundamentação para justificar a ação.

Não há dúvidas de que esse tipo de comportamento é o que deixa a população brasileira mais indignada sobre essa condição que o país apresenta. Os constantes gastos elevados que o setor político exibe faz com que o povo brasileiro tenha uma sensação de injustiça, principalmente, quando se leva em consideração a crise que o Brasil passa.

Muitos serviços de atendimento básico à população estão a ponto de deixar de serem oferecidos devido à falta de condições mínimas como, por exemplo, na área da educação, segurança e, principalmente, na saúde. Em contrapartida a isso, o governo incapaz de intervir em casos como o da Dilma viajou para o exterior.

Gestão

No começo dessa década, o Brasil era um pais que apresentava uma condição muito em relação a perspectiva de crescimento. Uma das principais justificativas para isso, sem dúvida, está no fato de que o território brasileiro iria ser sede de dois maiores eventos mundiais, a Copa do Mundo de 2016 e a Olímpiada que foi realizado no Rio de Janeiro.

Esses dois eventos impulsionaram a economia de tal forma que a gestão sobre os recursos investidos no país foi ineficiente e incapaz de prever que seria preciso ter um pouco de cautela para evitar um gasto público excessivo.

Talvez, a situação desfavorável que o governo brasileiro passa atualmente seja fruto de políticas incapazes de gerenciar ou eficiência os valores que foram injetados na economia durante a preparação para esses eventos importantes.

A falta de políticas que fossem capazes de entender o momento do país e, consequentemente, organizar a vida financeira do país também é outro ponto que pode ser analisado para justificar o período de recessão econômica do Brasil.

Os excessivos gastos públicos ficam ainda mais evidente é visto noticiais que destacam que Dilma viajou para o exterior com o dinheiro da população.

Aprovação

Na quinta-feira, dia 6 de abril de 2017, a ex-presidente Dilma viajou para o exterior acompanhada de um grupo de assessores com destino aos Estados Unidos, mais especificamente, pelas cidades de Washington, Providence, Princeton, Nova York e Boston. E para completar o seu passeio pelo exterior as custas do governo brasileiro a ex-presidente ainda passará pela Cidade do México.

A viagem passou pelo trâmite do Palácio do Planalto sem nenhuma complicação e logo já estava autorizada pelo órgão público e, com isso, Dilma viajou para o exterior tranquilamente sem precisar se preocupar com os gastos de uma viagem como essa já que o governo brasileiro vai arcar com tudo, inclusive, com os gastos de seus quatro assessores.

Diante disso, a população brasileira tem razão ao ficar inconformada com esse tipo de situação que, infelizmente, é bastante comum no cenário político brasileiro em que existe um grande privilégio. Isso fica evidente quando acontecimentos como esse da viagem acontecem, pois mostram a triste realidade da organização brasileira perante um período de recessão.

Justificativa

Antes de destacar a justificativa apresentada para requerer ao governo brasileiro o aporte financeiro para que Dilma realizasse a viagem, é muito importante destacar que a ex-presidente está prestes a se tornar ré no processo da Operação Lava Jato devido aos recentes depoimentos realizados pelos delatores dessa ação.

Ainda assim, Dilma viajou para o exterior tranquilamente com os seus quatro assessores com base na justificativa da participação e uma grande conferência a respeito do país brasileiros nos Estados Unidos onde figuras importantes como, por exemplo, o juiz Sério Moro também marcou presença.

O evento foi realizado na conhecida Universidade de Harvard em conjunto com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, mais conhecido como MIT.

E como senão bastasse viajar para o exterior à custa da população brasileira, o evento ainda foi uma ótima oportunidade que a ex-presidente pudesse apresentar todo o seu ódio contra a democracia do país brasileiro.

Esse é apenas um exemplo dentre muitos outros que podem ser facilmente encontrados a respeito da má utilização do dinheiro público que poderia estar sendo aplicado em outros setores como, por exemplo, na economia para tentar diminuir o impacto causado pela recessão que o país vive.

No entanto, mesmo com a triste condição do Brasil, Dilma viajou para o exterior tranquilamente e sem precisar se preocupar com os gastos que uma jornada como essa exige.

You may also read!

Jovair Arantes PTB / GO

Cota parlamentar suspeita de Jovair Arantes PTB/GO

Cota parlamentar suspeita de Jovair Arantes PTB/GO. A cota parlamentar existe para ressarcir parlamentares de alguns gastos realizados no ato de seu mandato.

Read More...
Michel Temer

Áudio de Joesley e Temer não foi editado, conclui perícia da PF

Áudio de Joesley Batista da JBS e Temer não foi editado, conclui perícia da PF

Read More...
Presidente Michel Temer

Investigação da PF conclui que houve corrupção em caso de Temer e Loures

Relatorio parcial da PF entregue ao STF hoje (19) referente à investigação sobre o presidente Michel Temer e seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures conclui que houve a prática de corrupção passiva.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu